Publicado em 27/06/2018

Prêmio Ações afirmativas da UFRJ – 2018

A Pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UFRJ Profª Leila Rodrigues da Silva (no centro) com Franklin David Rumjanek e Vivian Mary B. Dodd Rumjanek, pais da premiada Júlia Barral Dodd Rumjanek (Programa de Pós-graduação em Química Biológica, trabalho: ‘Admirável Mundo Novo: a ciência e o surdo’).

Diretor do Parque Tecnológico da UFRJ José Carlos Pinto.

Diretor do Parque Tecnológico da UFRJ José Carlos Pinto.

No dia 12/06/2018, aconteceu, no Auditório do Parque Tecnológico da UFRJ, a entrega do prêmio ações afirmativas da UFRJ, com a mesa redonda com os cinco autores premiados. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, em parceria com o Parque Tecnológico da UFRJ, selecionou cinco trabalhos desenvolvidos, entre os programas de Pós-Graduação da Universidade, com o relevante tema das ”Ações Afirmativas”, objetivando dar visibilidade às suas diferentes abordagens, como a importância para a visão inclusiva de sociedade, a interface com a temática dos direitos humanos e o papel do ensino universitário neste debate.

A Pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UFRJ Profª Leila Rodrigues da Silva (no centro) com Franklin David Rumjanek e Vivian Mary B. Dodd Rumjanek

Profª Leila Rodrigues(centro) com Franklin e Vivian.

Nossos professores, Franklin David Rumjanek e Vivian Mary B. Dodd Rumjanek, foram à premiação para receber o prêmio em nome de sua filha Júlia Barral Dodd Rumjanek que foi premiada pelo trabalho ‘Admirável Mundo Novo: a ciência e o surdo’ no Programa de Pós-graduação em Química Biológica.

O Instituto de Bioquímica Médica parabeniza Júlia e seus pais!