Acesso, Recuperação e Organização das Referências Bibliográficas

Disciplina

Dados da disciplina

Código: Indisponível

Carga horária: 60 horas

Período: 31/08/2020 a 28/10/2020

Horário: 15:00 às 17:00 - segundas e quartas

Vagas: 20

Descrição

A disciplina tem como proposta apresentar ferramentas úteis para subsidiar os alunos na etapa de levantamento bibliográfico, essencial para uma melhor contextualização e problematização da temática de suas pesquisas, detalhando não apenas o acesso e a recuperação de informações a partir de bases de dados que catalogam a produção científica e tecnológica, mas também algumas estratégias para organizar essas informações. Para isso, a disciplina está estruturada nos seguintes tópicos: (a) o conhecimento científico e tecnológico; (b) tipologias das fontes de informação; (c) acesso e recuperação da documentação ou registro cientifico em bases de dados multidisciplinares e especializadas e repositórios de preprint; (d) acesso e recuperação da documentação ou registro tecnológico em bases de dados internacionais e nacional; ferramentas para organizar e gerenciar referências.

Estrutura do Curso

A disciplina contará com atividades assíncronas, nas quais os alunos deverão realizar tarefas práticas em bases de dados que catalogam produção científica e, também, patentes.

Plataforma a ser utilizada: Microsoft Teams®.

Gravação das aulas: será disponibilizada.

Forma de Avaliação

Desempenho em três tarefas individuais e outras tarefas realizadas em grupo.

Bibliografia

1. Aghaei Chadegani, Arezoo, et al. “A comparison between two main academic literature collections: Web of Science and Scopus databases.” Asian social science 9.5 (2013): 18-26.

2. Alves, Fernanda Maria Melo, and Bruno Almeida dos Santos. Fontes e recursos de informação tradicionais e digitais: propostas internacionais de classificação. Biblios: Revista electrónica de bibliotecología, archivología y museología 72 (2018): 35-50. http://www.scielo.org.pe/pdf/biblios/n72/a03n72.pdf

3. Araujo, Nelma Camêlo, and Juliana Fachin. “Evolução das fontes de informação.” Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 29, n.1, 2015. http://www.repositorio.furg.br/bitstream/handle/1/6982/5-%205463-15446-1-RV%202%20-ok%20juliana%20fachin%20final.pdf?sequence=1

4. Campello, Bernadete Santos & Caldeira, Paulo da Terra (Organizadores). Introdução às fontes de informação. 2. ed. – Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008. 184 p.; 23 cm. (Coleção Ciência da Informação; v. 1.)

5. Capurro, Rafael, and Birger Hjorland. “The concept of information as we use in everyday.” Perspectivas em ciência da informação 12.1 (2007): 148-207.https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-99362007000100012

6. Cunha, Murilo Bastos da Manual de fontes de informação 2a. ed. Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2020 https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/36747/1/LIVRO_ManualFontesInformacao.pdf

7. De Solla Price, Derek John. Little science, big science. Vol. 5. New York: Columbia University Press, 1963.

8. Eger T. & Scheufen M. The Economics of Open Access: On the Future of Academic Publishing.

9. Hicks, Diana, and Jian Wang. “Towards a bibliometric database for the social sciences and humanities.” URL: http://works.bepress.com/diana_hicks/18/ [July 15, 2011] (2009). http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.211.1429&rep=rep1&type=pdf

10. Kaye, David. “Sources of information, formal and informal.” Management decision (1995). http://yunus.hacettepe.edu.tr/~soydal/bby153_2012/4&5/Kaye2.pdf

11. Kim, Jeeeun, and Sungjoo Lee. “Patent databases for innovation studies: A comparative analysis of USPTO, EPO, JPO and KIPO.” Technological Forecasting and Social Change 92 (2015): 332-345.

12. Larivière, Vincent, Stefanie Haustein, and Philippe Mongeon. “The oligopoly of academic publishers in the digital era.” PloS one 10.6 (2015): e0127502.

13. Meadows, Arthur Jack. “Communication in science.” (1974).

14. Mongeon, Philippe, and Adèle Paul-Hus. “The journal coverage of Web of Science and Scopus: a comparative analysis.” Scientometrics 106.1 (2016): 213-228. https://arxiv.org/ftp/arxiv/papers/1511/1511.08096.pdf

15. Sile e col. European databases and repositories for Social Sciences and Humanities research output.

16. Sivertsen, Gunnar. “Scholarly publication patterns in the social sciences and humanities and their coverage in Scopus and Web of Science.” Proceedings of the science and technology indicators conference. Universiteit Leiden Leiden, 2014.

Arquivos