Ciência e Arte: Caminhos Convergentes, Divergentes ou Paralelos?

Disciplina Opcional

Dados da disciplina

Código: BMQ851

Carga horária: 75 horas

Período: 04/09/2017 a 15/09/2017

Horário: 09:00 às 17:00 - segunda a sexta

Vagas: 30

Descrição

Contexto social da arte e da ciência em determinados períodos históricos. Relações entre concepções artísticas e científicas: pontos de convergência e divergência. Análise do “discurso” prático artístico e científico.

Objetivo geral

Analisar o conhecimento científico e o artístico dentro de alguns momentos históricos e sociais.

Objetivos específicos

I. Contextualizar socialmente o fazer artístico e científico.

II. Detectar alguns pontos de convergência e divergência entre arte e ciência.

III. Analisar o discurso artístico e científico em determinados momentos históricos.

Requisitos

Nenhum.

Estrutura do Curso

Aulas Teóricas.

Forma de Avaliação

Trabalho final.

Bibliografia

1. ARNHEIM, R. Arte & Percepção Visual: uma Psicologia da visão criadora. 8. ed. São Paulo: Pioneira, 1994.

2. ASIMOV, I. Cronologia das ciências e das descobertas. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1993.

3. CHIPP, H. B. Teorias da Arte Moderna. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

4. MANSON, S.F. A History of the Sciences. New York: Macmillan, 1962.

5. OSTOWER, F. Universos da Arte. Rio de Janeiro: Campus, 1983.

6. PEREIRA, M. D. A expressão da natureza na obra de Paul Cézanne, Sette Letras, Rio de Janeiro. 1998.

7. PLEDGE, H.T. Science Since 1500. New York. Harper Torchbook, 1959.

8. VALLE, A. G. A prática do desenho como instrumento de análise das obras de arte. Comunicação apresentada no II Encontro de História da Arte, IFCH-Unicamp, 27 a 29 de Março de 2006, Campinas, SP.

9. WOLPERT, L. The Unnatural Nature of Science. London, Farber and Farber, 2000.

Arquivos