Educação Científica Bilíngue para Surdos: um Acesso à Autonomia e Inclusão

Disciplina Opcional

Dados da disciplina

Carga horária: 30 horas

Período: 04/07/2016 a 16/07/2016

Horário: Segunda a sexta (09:00 ás 12:00)

Vagas: 30

Descrição

A educação e inclusão do aluno surdo serão discutidas no contexto da filosofia educacional bilíngue. Uma experiência de imersão na surdez deverá proporcionar uma maior compreensão das implicações sociais, emocionais e educacionais impostas pela limitação linguística e barreiras comunicativas. Os questionamentos e reflexões acerca dos aspectos cognitivos dos surdos na área de ciências, suas potencialidades e produções serão discutidas através de interações da turma com profissionais surdos. Isso será realizado através de oficinas interativas, depoimentos e palestras com surdos, todas elas em Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) com o auxílio de um intérprete. Serão apresentadas experiências pedagógicas bem sucedidas inclusivas para surdos. Espera-se que ao final do curso o aluno tenha um maior conhecimento das inúmeras possibilidades do aluno surdo e desenvolva uma maior consciência de como contribuir para uma melhor educação e inclusão dos surdos. A avaliação final é uma proposta em âmbito educacional e social visando melhorar a acessibilidade do surdo na sociedade tecnológica atual.

Objetivo Geral

Propiciar o processo de inclusão do surdo no processo educacional conhecendo suas limitações e potencialidades para uma acessibilidade democrática e efetiva.

Programa

1. O indivíduo surdo, sua heterogeneidade.

2. Etiologia e grau de surdez relacionados com a exclusão social e educacional.

3. A história de educação dos surdos. As filosofias educacionais do oralismo, comunicação total e bilinguismo.

4. A Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) como língua de comunicação do surdo.

5. Vantagens e limitações. Isolamento cultural pela falta de acessibilidade (o papel da mídia, dos museus, dos filmes etc.).

6. O protagonismo do sujeito surdo nas ações de saúde em sua comunidade.

7. O papel do tradutor/interprete da língua de sinais (TILS) na educação do surdo.

8. Experiências no ensino de surdos.

9. O sujeito surdo no mundo tecnológico. O método científico no ensino especial.

10. A educação científica e a inclusão social e educacional do aluno surdo.

Metodologia e Estratégias

1. Imersão no tema da surdez através de oficinas, contacto com surdos, filmes.

2. Dinâmicas interativas com surdos.

3. Relatos da trajetória de professores de surdos.

4. Relatos de experiências bem sucedidas com alunos surdos.

5. Palestras com profissionais da área da surdez.

6. Apresentação e Discussão de artigos científicos.

7. Debate escola inclusiva x escola especial.

8. Discussão em grupo abrangendo os diversos tópicos deste curso.

Requisitos

Nenhum.

Estrutura do Curso

Aulas Teóricas.

Forma de Avaliação

Avaliação continuada baseada na participação nas aulas. Avaliação final baseada em pequeno trabalho em grupo discutindo um projeto educacional para melhorar a acessibilidade do indivíduo surdo na área da ciência.

Bibliografia

Artigos científicos recentes sobre os temas abordados.

Arquivos